Mountians e lago

Produtos Akra

Micro Pulverizadores de óleo Akra. Em benefício à natureza e ao seu bolso.

Produtos > Akra > Pulverizador

Pulverizadores Akra

foto pulverizador
foto pulverizador

press to zoom
foto pulverizador
foto pulverizador

press to zoom
1/1

MPOS-CBIT (ELÉTRICO) e EVTK-02 (PNEUMÁTICO)

Os Micro Pulverizadores de óleo AKRA, são equipamentos projetados para utilizar a técnica MQL (Mínima Quantidade de Lubrificação). Este sistema mistura óleo e ar comprimido em proporções técnicas e econômicas, aplicando uma névoa atomizada gerada de forma controlada no processo de usinagem, proporcionando um maior rendimento e diminui a agressão ao meio ambiente com a eliminação de descarte de óleos de corte.

Onde usar

  • Serras de Fita;

  • Serras Circulares;

  • Fresagem;

  • Furação (brocas);

  • Rosqueadeiras (machos);

  • Estamparias e Perfurações em geral;

  • Laminadores de Rosca.


Objetivo e Vantagens
Eliminação do óleo solúvel trazendo assim:

  • Término dos riscos de saúde dos operadores (desenvolvimento de possíveis dermatites) e de prejuízo ambiental (já que é necessário um custo dispendioso para o descarte do óleo solúvel na natureza);

  • Diminuição dos custos de consumo de energia elétrica operacional;

  • Diminuição dos custos de compra, logística e manuseio de grandes volumes de óleo solúvel;

  • Diminuição dos custos de manutenção da área produtiva (chão de fábrica, limpeza de máquinas, manuseio e estocagem do material beneficiado, etc.);

  • Maior durabilidade e rendimento da ferramenta já que reduz substancialmente o atrito além de lubrificar e refrigerar a área de corte (minimizando as variações no comportamento térmico da máquina);

  • Preservação da precisão dimensional e geometria projetadas para as peças beneficiadas;

  • Produção de cavacos secos que não necessitam de tratamento ou tempo para eliminação de umidade residual conduzindo assim diretamente aos fornos de refusão ou melhor venda no mercado de reciclagem.

Por que usar o Micro Pulverizador de óleo Akra?

  • Utilizam a técnica MQL (Mínima Quantidade de Lubrificação);

  • A necessidade de uma técnica de produção não agressiva aos operadores e meio ambiente, além do crescimento rápido dos custos dos fluidos de corte, tem justificado o desenvolvimento e aplicação de uma técnica alternativa ao processo de usinagem com fluido.

  • Ou seja, maior economia, com menor desperdício e não sendo agressivo ao meio ambiente.